"A meta final do JUDÔ KODOKAN é o aperfeiçoamento do indivíduo por si mesmo, desenvolvendo um espírito que deve buscar a verdade através de esforço constante e da sua total abnegação, para contribuir na prosperidade e no bem estar da raça humana" "Nada sob o céu é mais importante que a educação. Os ensinamentos de uma pessoa virtuosa podem influênciar uma multidão; aquilo que foi bem aprendido por uma geração pode ser transmitidas a outras cem." Jigoro Kano

POR QUE JUJUTSU E NÃO JIU JITSU?


so porque a romanização mais correta para os Kanji Japonêses é " JUJUTSU", onde JU (suave) e JUTSU (arte ou técnica). A pronúncia em japonês de JuJutsu soa como " Djiu Djitsu", o que faz com que ocorra uma romanização incorreta da palavra, então as formas Jiu Jitsu (Verdade Livre???) e "JuJitsu" (Verde Suave??).

O QUÊ É JUJUTSU ?

É um método que ajuda a mente a controlar o corpo ou, através do corpo, obter o controle da mente.

Para se lutar JUJUTSU não é necessário a força física, ainda que ela seja admitida. Os mistérios dessa arte se unem ao aprendizado que tem a suavidade como regra, para se obter movimentos livres e belos, evitando movimentos densos e pesados. Isso favorece muito em uma luta, com um oponente mais forte, pois a arte está em aproveitar o que se sabe para em um descuido, subjulgá-lo com astúcia. Sendo assim um homem mais fraco pode sim vencer um oponente maior e mais forte.

O JUJUTSU se baseia em torções e chaves para controlar e imobilizar seu oponente. Também possui técnicas de chutes e socos, que são utilizadas para quebrar a concentração do oponente e atingir pontos vitais (ATEWAZA), e técnicas com armas variando de escola para escola.

Pode ser definido como arte de ataque e defesa, com ou sem armas contra um ou mais oponentes que possuam ou não armas.

HISTÓRIA

A sua origem se perde no tempo, segundo alguns textos japoneses, pode ser considerado a mãe de todas as artes marciais.

As primeiras citações datam de 720 a.C. e se referem aos lendários torneios de SHIKARA KURABE. Esse torneio era uma contenda de forças que faziam parte das comemorações dos aniversários do imperador Suinin, 230 a.C. e tinha duração de 10 dias.

A descrição desses torneios de SHIKARA KURABE encontra-se no compilado do Comando Imperial Japonês, um documentário valioso onde o JUJUTSU é citado pela primeira vez. Nesse documentário o Sumô também é mencionado, acredita-se que seja o momento embrionário tanto do Sumô quanto do JUJUTISU.

Esses documentos o Nihon Shoki e o Konjaku Monogatari, dão autenticidade à esse momento histórico como sendo o marco inicial do JUJUTSU.

Na primeira metade do século XI no Japão, quando foram codificadas diversas escolas de Bujutsu, encontramos em um conto de ficção da literatura japonesa, o Konjaku Monogatari (contos de ontem e de hoje) que é uma his~tória sobre o Sumô, em que o JUJUTSU aparece com o nome de YAWARA. Nesta época sabe-se que surgiram várias escolas com vários nomes diferentes de acordo com seus criadores e mestres temos como exemplo o Takenoushi Ryu, Kito Ryu, Sukiguchi Ryu e muitas outras.

JUJUTSU X JUDÔ

Na década de 50, os europeus se mostraram interessados pelas formas tradicionais de Jujutsu, eles estavam interessados na defesa pessoal e não no esporte, e muitos japoneses lhes disseram que elas não existiam mais, diziam que todas elas haviam sido substituídas pelo Judo de Kano. Assim os europeus aprenderam a defesa pessoal do Judo (GOSHINJUTSU), derivada do Jujutsu e com ela desenvolveram novas formas de defesa pessoal.

JIU-JITSU BRASILEIRO

O Jiu-Jitsu brasileiro ou Jiu-Jitsu Gracie, evoluiu igual as formas criadas pelso europeus, apartir do Judô. Na década de 20, um japonês, chamado Mitsuyo Maeda, judoka do Kodokan, veio ao Brasil, ajudar na implantação de uma colônia japonêsa. Quando conheceu Gastão Gracie, em Belém do Pará, foi foi convencido a ensinar-lhe o que em seu mau português chamava de " Djiu Djitsu De Kano" (técnica suave de Kano). Na época não havia tatami, então Mitsuyo Maeda ensinou aos brasileiros inicialmente o Ne Waza ou luta de chão. Algum tempo depois foi embora, seus alunos juntaram o que haviam aprendido de chão com técnicas de luta livre e de Boxe nascendo assim mais uma luta brasileira.
« Previous
 
Next »
 

0 comentários: